Dificuldades para meditar?

Seguidamente ouço falar que meditar “é algo muito difícil”, “inacessível para pessoa comum e precisa ser santo, iluminado para conseguir”.

Costumo falar que todos somos capazes e estamos habilitados, mas precisamos entender o que é meditação e não potencializar os obstáculos.

Da meditação, como também do yoga, temos muitos conceitos, ou preconceitos no ocidente, vou compartilhar minha maneira de ver, que me parece ser muito simples:

  • Meditar é serenar a mente, adotar uma atitude contemplativa e observadora em relação a tudo o que acontece dentro e fora de nós.
  • Um texto muito antigo do yoga fala que ele é “o serenar das ondas mentais”. E dos oito passos para iluminação, que este mesmo texto indica, o penúltimo é a meditação e o ultimo o samadhi, ou a transcendência.

Sim, os santos e iluminados meditam, mas o caminho é longo até o alto da montanha onde eles estão, este caminho é a meditação, que mesmo se percorrido por nós aqui no vale, nos trará benefícios, alegrias e bem estar, mesmo que não tenhamos qualquer objetivo de sair vale, ou adentrar em caminhos misteriosos.

Meditar é uma habilidade, como andar de bicicleta, dirigir um carro, correr, lavar louca. Precisamos de um tempo para assimilar a técnica e treinar se quisermos ser um bom praticante, portanto, procure, experimente, insista.

Estou neste processo a muitos anos, ainda engatinhando, como um bebê, mas consciente que a meditação me tornou uma pessoa melhor e mais feliz.

Importante é a disciplina e a persistência, começar devagar mas com constância, com metas conservadora e viáveis…talvez uns 10 min uma vez por dia e tornar isto um habito, para então pensar em evoluir.

Dicas importantes para pratica em casa:

-definir local que possa ser usado pelo tempo necessário sem interrupções, e se possível para todos os dias.

– horario fixo, e criar um ambiente no local com objetos e decorações significativos e que induzem introspecção.

-criar um ritual(Ex.: …acordo pela manhã, tomo água, escovo os dentes e medito, ou, …chego do trabalho, tomo um banho e medito,… etc.

Boas praticas!!!

 

 

Posturas fáceis do Yoga para melhorar nosso dia a dia – II !!

Os ásanas, ou posturas, proporcionam uma massagem nos órgãos, ajudando a melhorar seu funcionamento. Dessa forma, o Yoga e seus asanas também beneficiam o desempenho coordenado dos diversos sistemas do corpo – digestivo, endócrino, cardiovascular, nervoso, etc.

O Yoga cura diversas doenças crônicas, como pressão sanguínea alta/baixa, dor corporal crônica, diabetes, depressão, distúrbios do sono, etc., de forma simples e natural, e também melhora o sistema imunológico.

Um dia bem começado com a prática das ásanas do yoga nos mantém enérgizados, entusiasmados e renovados até o anoitecer.

A palavra Yoga significa união em sânscrito entre corpo, mente e espirito. Equalizando harmonia e equilíbrio.

Abaixo série  para tonificars pernas fortalecimento e relaxamento de membros inferiores e quadril.

Benefícios:

  • Melhoria nos movimentos diários, excelente para quem fica muito tempo sentado, dirigindo e entre idas e vindas
  • Alivio de dores de costas, coluna, pernas, joelhos, ciáticas
  • Equilibrio e segurança física e emocional.

Obs.:

  • Montar postura (ásana) e permanecer de 30s pelo menos.
  • Fazer para os dois lados.

 

GUERREIRO

  • Com os joelhos levemente flexionados afastar ao máximo os pés um do outro, girando um deles em 90º flexionando o joelho. Alinhar os braços na altura dos ombros com os dedos juntos e as palmas para baixo. Giro de 90º do pescoço e manter o olhar na direção da mão do lado perna flexionado.

formiga

  • Idem a parte pernas agora flexionando o cotovelo e levando ele em direção ao joelho flexionado, apoiando o braço da cocha, manter o outro braço estendido e girar o pescoço na direção deste.

formiga em torção

  • Mantem a posição de perna e faz uma rotação de tronco buscando passar o ombro pela perna contraria

corredor

  • Manter a perna flexionada. Descer com o peito na direção do joelho flexionado e, se possível, apoiar as duas palmas das mãos no chãoReiniciar para o outro lado

Conexão – Foco – Como usar ferramentas simples e ser mais eficaz e feliz.

 

Pensamos que foco e conexão, palavras tão presentes em nosso dia a dia, são coisas novas, invenções da modernidade, mas as tradições de China e India estudam e praticam isto a muito tempo.

Tem uma história atribuída a Sidarta Gautama, o Buda histórico, que exemplifica a importância da conexão.

Conta a história:

“Ele estava reunido com um grupo de discípulos quando um homem se apresentou e perguntou o que eles faziam no seu dia a dia, como era a rotina deles. Então ele contou que faziam coisas comuns, como todas as pessoas da época, como se reunir para comer, para conversar, caminhadas, etc.

O homem pareceu surpreso, pois esperava mais de um mestre iluminado.

Então o Buda fala:

-A diferença é que estamos totalmente presentes em cada coisa que fazemos, conectados com a experiência, com a vivência. Enquanto estamos comendo, nossa atenção esta voltada para isto, quando conversando, igual, e isto muda tudo”.

É muito comum este tipo de ensinamento dos mestres do yoga também, o tempo do yoga é o presente. Não existe yoga sem entrega e conexão.

Por isso, sempre que você começar alguma pratica, recomendo que seja dedicado algum tempo para o processo de conexão com a mesma, e basta tirar alguns minutos de parada, de preferencia com os olhos fechados, buscando fazer respirações profundas e afirmando mentalmente que este é o momento da determinada atividade e que esta será o foco do momento.

Durante a realização vamos reafirmando a autodeterminação.

 

Namaste!

 

 

Bem vindo ao nosso blog Calma, respira…

Pessoal, sejam bem vindos!!!

O blog nasceu como uma ponte entre alguns conhecimentos que temos, buscamos e desejamos compartilhar.

Falaremos sobre diversos assuntos e conteúdos que sejam uteis para vivermos bem, termos mais saúde física, mental, espiritual. Enfim, para que sejamos mais felizes.

Conto com a participação de vocês!