Controlando a ansiedade

A ansiedade é uma emoção normal do ser humano, comum ao se enfrentar algum problema no trabalho, antes de uma prova ou diante de decisões difíceis do dia a dia. No entanto, a ansiedade excessiva pode se tornar uma doença, ou melhor, um distúrbio de ansiedade.

Pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações simples da rotina, além de alguns sintomas físicos, o que atrapalha suas atividades cotidianas, já que eles são difíceis de controlar

O que fazer?

  • Respirar conscientemente faz a mente abandonar as preocupações para colocar-se no momento presente. Volte a prestar atenção na respiração muitas vezes no decorrer do dia.
  • Praticar ásanas com atenção total no corpo.
  • Relaxamento mais longo.

Prática:

Vamos usar a respiração para vivermos mais felizes?

 

Podemos mudar padrões emocionais, humor e atitudes utilizando nossa respiração ou a forma como a realizamos.

O yoga nos ensina que a respiração é o fator chave para todas as praticas. Não existem posturas, meditação ou relaxamento sem atenção na respiração. Nosso resultado é muito melhor se ela for feita de forma adequada. Algumas coisas, inclusive, são inviáveis se não observarmos os movimentos respiratórios.

Estudos modernos indicam benefícios em diversas áreas. Na educação física e na psicologia, nos esportes e no trabalho, no lazer ou no relax em casa foram observados alterações nos resultados quando observamos nossa respiração.

Muitos pesquisadores perceberam que o ser humano atual, respira rápido e curto. Fruto da nossa vida agitada, onde não temos tempo para nada, nem para respirar direito. Isto nos leva para um circulo vicioso perigoso, por que este tipo de respiração dificulta as praticas que levam ao relaxamento e a introspecção. É necessário quebrar o ciclo, mudar o rumo da prosa, acalmar a vida ou a respiração, tanto faz, porque uma vai movimentar a outra na mesma direção.

Posso ajudar em relação à respiração.

Abaixo um exercício simples e rápido:

 

-Devemos nos afastar do barulho e da agitação se possível, ou colocar fones com uma musica bem calma. Fazer algumas respirações profundas e lentas e permanecer por alguns minutos observando o movimento respiratório natural. Observar que parte do tronco é movimentada neste processo, se apenas a região peitoral, abdominal ou ambas. Se a respiração estiver apenas na região do peito é sinal de agitação, e precisamos comandar por um tempo a respiração movimentando o abdômen, liberamos o comando e observamos novamente. Se der resultado permanecemos uns minutos para aproveitando os benefícios, se não repetimos o processo.

É um exercício muito simples, muito eficaz. Se você não conseguir, me fala nos comentários que te passo alguma sugestão complementar.