Porque cuidar do corpo?

Se perguntarmos isto para um médico, um psicologo, um educador físico, etc…, cada um provavelmente terá uma resposta um pouco diferente, com o ponto de vista da sua área, eu falarei como professor de yoga.

Depois de definir que o caminho da iluminação era a meditação, os sábios antigos do yoga perceberam que ter um corpo saudável, flexível e forte era de grande importância no processo, pois os yoguins (praticantes) que cuidavam do bem estar físico e mental meditavam melhor.

Desta percepção surgiu o Hatha-Yoga para “…desenvolver o potencial do corpo, para que ele seja capaz de suportar a força e o peso da realização transcendental”, como diz Georg Feurstein em – A Tradição do Yoga, Ed. Pensamento, talvez o melhor conteúdo em português sobre o assunto.

O Hatha é uma abordagem do Yoga Clássico  com enfase nos asanas (posturas físicas) e pranayamas (praticas respiratórias), que foi base para muitos mestres, que o aprimorá-lo ou usaram como base para desenvolver seus conceitos.

De lá pra cá muita coisa mudou, mas este conceito ainda faz muito sentido para meus mestres  e para mim, por isto praticamos e ensinamos os asanas e pranayamas em nossas aulas, que nos fortalecem para a pratica e nos ajudam com nossas necessidades de homens/mulheres atuais.

Uma boa pratica, nos dias de hoje,  vai sempre levar em conta a preparação, com aquecimentos, alongamentos e desbloqueios para a melhorar nosso resultado e aproveitamento, mas, apenas estes exercícios já  nos ajudam  a vivermos bem e nos aprimoramos.

Sabemos que existem muitas formas de cuidar do corpo e os asanas são apenas um deles, consideramos todos validos e bem vindos, porque o essencial é estarmos caminhando em busca da nossa evolução, o que talvez seja grande diferencial deles seja a ação psicofísica que ganhamos, podemos ter este duplo efeito, o que  é muito apreciado pelos praticantes, “os asanas me acalmam e me fortalecem”, “durante a minha pratica esqueço meus problemas e volto para eles depois fortalecido”, exemplos de testemunhos meus.

Namaste!

 

 

 

Aliviando as Dores no Pescoço com o Yoga

A grande causa das dores no pescoço, para maior parte das pessoas, é a posição que passamos, boa parte do nosso dia, usando nossos Smartfones e computadores. Observem, quase sempre ficamos com a tela num angulo desfavoravel, e precisamos ficar com a cabeça inclinada para frente, o que por várias horas certamente nos causará desconfortos.

É claro que que devemos mudar este vício postural, mas, enquanto isso, abaixo coloquei um vídeo que fiz e que dá umas dicas que ajudam bastante.

 

Aliviando as Dores Lombares

Olá!

Todo dia alguém me fala de dores lombares, que esta sentindo ou que sentiu recentemente. Este tipo de dor esta muito associado ao nosso estilo de vida atual, onde ficamos muito tempo sentados, nem sempre em uma boa posição, praticamos poucas atividades físicas e seguidamente estamos em sobrepeso. É um problema corriqueiro, sem maiores consequências se tomarmos alguns cuidados:

  • evitarmos tempo excessivo na mesma tarefa ou posição, buscar movimentação a cada 1 hora ajuda.
  • atividades físicas 5x por semana de 30 minutos ou 3x vezes de 50 fazem toda diferença(segundo meu médico)
  • praticar yoga, claro, puxar brasa para o meu assado, abaixo dicas.

 

Alongamento e flexibilidade, o que é? Porque devo saber?

O autoconhecimento é o caminho da evolução e do aprimoramento pessoal, porque somente melhoramos algo que conhecemos e entendemos. Por que priorizar o entendimento a respeito de flexibilidade e alongamento? Por que conseguimos resultados rápidos e com percepção imediata.

Flexibilidade

É a capacidade dos tecidos corporais esticarem sem danos ou lesões e com ampla movimentação numa articulação ou grupos de articulações como a capacidade de mover-se com facilidade em sua amplitude de movimento.

A diminuição da flexibilidade resulta em um decréscimo da amplitude de movimento da articulação.

Ela não se apresenta de modo uniforme nas diversas articulações e nos movimentos corporais, sendo comum, em um dado indivíduo, que sua amplitude máxima seja boa para determinados movimentos e limitada para outros.

Alongamento

 É um tipo de exercício físico orientado para a manutenção ou melhora da flexibilidade. Praticá-lo é muito comum em atividades físicas esportivas como ginástica e corrida, atividades não esportivas como o yoga e o balé, e em reabilitação como a fisioterapia.

São voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. O principal efeito é o aumento da flexibilidade articular.

Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da articulação comandada por ele e, portanto, maior a flexibilidade, o que o torna uma prática fundamental para o bom funcionamento do corpo, proporcionando maior agilidade, elasticidade, prevenindo lesões.

Essencial para o aquecimento e relaxamento dos músculos, deve ser uma atividade incorporada ao exercício físico, mas também pode ser praticado sozinho.

Qualquer pessoa pode aprender a fazer alongamentos, independentemente da idade e da flexibilidade. Mesmo quem apresenta algum problema específico pode.

Quando feitos de maneira adequada, os alongamentos trazem os seguintes benefícios: reduzem as tensões musculares; relaxam o corpo; proporcionam maior consciência corporal; deixam os movimentos mais soltos e leves; previnem lesões; preparam o corpo para atividades físicas, e ativam a circulação.

A respiração é considerada fundamental, pois quando se respira profundamente, aumenta-se o relaxamento muscular, o que potencializa o resultado. Ela, também,  dá o ritmo ao exercício e por isso deve ser lenta e profunda.

Abaixo alguns exemplos:

 alonfamentos

 

 

 

 

 

 

 

Lembramos da articulação somente quando ela reclama.

 Articulações e seus desbloqueios!!

 

Articulação:

São conexões naturais existentes entre dois ou mais ossos. É um conjunto de estruturas cuja finalidade é unir e proteger dois extremos ósseos adjacentes.

Articulação

Uma articulação saudável é a chave do movimento fluido, gracioso e leve. Outro aspecto é que ela é responsável, junto com os músculos e tendões pela nossa flexibilidade.

Desbloqueio articular

 O que vou ensinar aqui não substitui o trabalho de um fisioterapeuta quando existirem bloqueios graves ou indicação médicas. Ensinarei apenas a liberação articular de possíveis bloqueios leves, muito útil antes da pratica de exercícios, pois prepara as articulações para o trabalho e previnem desconfortos e lesões. São exercícios, normalmente circundução, flexão e extensão e são realizados individualmente nas principais articulações, com repetições determinadas pela necessidade e interesse.

Abaixo um exemplo de desbloqueio de coluna, onde as fotos mostram os dois pontos extremos de um movimento contínuo e suave, extremamente benéfico e muito agradável. Importante sincronizar com a respiração

desbloqueio de coluna

  

Série de desbloqueio com equilíbrio

1-Levar o centro do corpo para um dos pés, tirar o outro do chão e:

-alongar dedos contra o chão.

-rotação de tornozelo, joelho e quadril, para ambos os lados, pelo menos três repetições.

(mudar o pé de apoio e trabalhar o outro lado)

Obs.: movimentos lentos e respiração suave.

desbloqueio com equilibrio1       desbloqueio de ombros2

 

2-Com os dois pés no chão, joelhos levemente flexionados:

-encaixar quadril.

-rotação de ombros, cotovelos e pulsos.

-abrir e fechar as mãos.

 

3-movimento lateral de pescoço e para cima e para baixo.

-rotação de pescoço circular (reunindo as quatro direções)

Obs.: Movimentos suaves, contínuos e com a respiração apenas pelo nariz.

 

circundução de pescoço 4circundução de pescoço 3

circundução de pescoço 2circundução de pescoço 1