Aliviando as Dores no Pescoço com o Yoga

A grande causa das dores no pescoço, para maior parte das pessoas, é a posição que passamos, boa parte do nosso dia, usando nossos Smartfones e computadores. Observem, quase sempre ficamos com a tela num angulo desfavoravel, e precisamos ficar com a cabeça inclinada para frente, o que por várias horas certamente nos causará desconfortos.

É claro que que devemos mudar este vício postural, mas, enquanto isso, abaixo coloquei um vídeo que fiz e que dá umas dicas que ajudam bastante.

 

Aliviando as Dores Lombares

Olá!

Todo dia alguém me fala de dores lombares, que esta sentindo ou que sentiu recentemente. Este tipo de dor esta muito associado ao nosso estilo de vida atual, onde ficamos muito tempo sentados, nem sempre em uma boa posição, praticamos poucas atividades físicas e seguidamente estamos em sobrepeso. É um problema corriqueiro, sem maiores consequências se tomarmos alguns cuidados:

  • evitarmos tempo excessivo na mesma tarefa ou posição, buscar movimentação a cada 1 hora ajuda.
  • atividades físicas 5x por semana de 30 minutos ou 3x vezes de 50 fazem toda diferença(segundo meu médico)
  • praticar yoga, claro, puxar brasa para o meu assado, abaixo dicas.

 

Fortalecimento Imunológico com Yoga

O que é sistema imunológico?

São estruturas e processos biológicos que protegem o organismo contra doenças e consiste na resposta coletiva e coordenada das células e moléculas diante dos agentes estranhos.

O que fazer?

  • Pratica regular de uma sequencia equilibrada(promove a saúde)
  • Relaxamento(promove a cura no nível mais profundo).
  • Pranayama – acalma a mente alivia o stress.
  • Meditação abre a mente para algo maior que nos mesmos.

Práticas

Fortalecendo a autoconfiança!

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem, de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa, é uma postura positiva com relação às próprias capacidades e desempenho,  e inclui as convicções de saber fazer alguma coisa, de fazê-lo bem, de conseguir alcançar um objetivo, de suportar as dificuldades ou de poder prescindir de algo.

Dicas  :

1.Pare de se importar tanto com o que os outros pensam;

2.Pare de se criticar;

3.Assuma a responsabilidade pela mudança;

4.Respiração onfiante, profunda e serena;

5.Postura confiante;

Antes de situações estressantes, potenciais e cotidianas, prepare-se e resgate sua confiança

O que fazer? Como o yoga pode ajudar?

  • Flexões para trás, erguendo o centro do coração;
  • Posturas em pé e de equilíbrio;
  • Adotar a disciplina de meditar de forma regular;

Prática

Depressão, o que podemos fazer para combater?

A depressão é uma doença ou um distúrbio afetivo, que atinge a humanidade desde suas origens, atingindo a autoestima, também o sentimento de inferioridade, tristeza, pessimismo, combinando entre si e aparecendo com extrema frequência.

Pode aparecer em diversas idades, crianças, adolescentes, adultos e idosos, ninguém está livre, e é causada por diversos motivos.

Alguns sintomas que podem ser detectados são:

  • Ansiedade, angustia, falta de interesse social;
  • Desanimo;
  • Humor depreciativo;
  • Sentimentos de medo, indecisão.

A depressão poderá também ter sintomas físicos, como:

  • Dores de barriga, má digestão, azia, flatulência, diarreia, dores de cabeça, e outras dores sem qualquer explicação cientifica.

O que fazer?

  • Praticar ásanas/posturas evitando permanência em flexões para a frente e e mantendo os olhos abertos durante toda a pratica e foco no momento presente
  • Meditação, é importantíssima, com disciplina e regularidade, sugiro uma no vídeo abaixo

Prática:

Controlando a ansiedade

A ansiedade é uma emoção normal do ser humano, comum ao se enfrentar algum problema no trabalho, antes de uma prova ou diante de decisões difíceis do dia a dia. No entanto, a ansiedade excessiva pode se tornar uma doença, ou melhor, um distúrbio de ansiedade.

Pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações simples da rotina, além de alguns sintomas físicos, o que atrapalha suas atividades cotidianas, já que eles são difíceis de controlar

O que fazer?

  • Respirar conscientemente faz a mente abandonar as preocupações para colocar-se no momento presente. Volte a prestar atenção na respiração muitas vezes no decorrer do dia.
  • Praticar ásanas com atenção total no corpo.
  • Relaxamento mais longo.

Prática:

O VALOR DE UM GRUPO

Dizem que para irmos rápido é melhor irmos sozinhos, mas para irmos mais longe melhor irmos em grupo. Concordo muito com está sabedoria popular, que consegui comprovar no decorrer da vida, por isto ensino a yoga e as práticas corporais de uma forma que todos possam praticar sozinhos, porque acredito que devemos buscar a independência do ser, mas recomendo que seja buscada a aproximação de outras pessoas que tenham os mesmos ideais para ajudar a manter a chama acesa, como fala o texto abaixo.

……………………………………………………………………………………………………………

Incluo um texto que guardei, mas infelizmente não tenho o autor para dar o crédito.
*O VALOR DE UM GRUPO*
Um homem, que assiduamente comparecia as reuniões de um grupo de amigos, sem comunicar a ninguém, deixou de participar de suas atividades.
Depois de algumas semanas, um amigo, integrante desse grupo, decidiu visitá-lo.
Era uma noite muito fria.
O amigo o encontrou na sua casa, sozinho, sentado diante da lareira, onde o fogo estava brilhante e acolhedor.
Adivinhando o motivo da visita do seu amigo lhe deu as boas vindas, e aproximando-se da lareira lhe ofereceu uma cadeira grande em frente à chaminé e ficou quieto, esperando.
Nos minutos seguintes, houve um grande silêncio, pois os dois homens somente admiravam a dança das chamas em volta dos troncos de lenha que queimavam.
Depois de alguns minutos, o amigo examinou as brasas que se formaram e cuidadosamente escolheu uma delas, a mais incandescente de todas, empurrando-a para fora do fogo.
Sentando-se novamente, permaneceu silencioso e imóvel.
O anfitrião prestava atenção a tudo, fascinado e também quieto.
Dentro de pouco tempo, a chama da brasa solitária diminuiu, até que após um brilho discreto e momentâneo, seu fogo se apagou em um instante mínimo.
Dentro de pouco tempo, o que antes era uma festa de calor e luz, agora não passava de um frio, morto e preto pedaço de carvão, recoberto de uma camada de cinza espessa.
Nenhuma palavra tinha sido pronunciada desde a protocolar saudação inicial entre os dois amigos!
Antes de preparar-se para ir embora, o amigo, movimentou novamente o pedaço de carvão já apagado, frio e inútil, colocando-o novamente no meio do fogo.
Quase que imediatamente voltou a desprender-se uma nova chama, alimentado pela luz e o calor das labaredas dos outros carvões em brasa e ao redor dele.
Quando o Amigo se aproximou da porta para ir-se embora, seu anfitrião lhe disse:
*OBRIGADO PELA SUA VISITA E PELO BELÍSSIMO SERMÃO……*
Retornarei ao grupo de AMIGOS que muito bem me faz …

É possivel controlar o stress?

“É impossível eliminar o stress de nossas vidas: ele existe em todos. Podemos, porém, evitar que se torne excessivo através de algumas medidas que incluem uma mudança na nossa atitude perante os eventos corriqueiros e inesperados da vida, um regime alimentar anti-stress exercícios físicos e de relaxamento.”

Marilda Lipp – http://www.estresse.com.br

Neste blog, e nas outras plataformas que utilizamos, damos diversas sugestões que ajudam no controle do stress, para que não se torna excessivo ou crônico. De alguma forma  todas as práticas que sugerimos serão de grande utilidade neste sentido, mas, a mais eficaz, sem duvida é a meditação. Ela nos treina para nos mantermos focados, seremos, concentrados, e isto é vacina contra o stress. Se somos meditadores habituais desenvolvemos também a persistência e a disciplina, muito uteis neste caso também. Sem contar que ela provoca a redução do metabolismo, desacelerando o corpo, alem de aumentar a concentração de neurotransmissores, aumentando a sensação de prazer e tem ação direta na redução dos hormônios ligados ao stress.

Hoje em dia temos embasamento cientifico para fazer uma lista gigante de benefícios, pois a nunca se estudou tanto sobre este assunto, o que tem gerado grande volume de publicações de artigos e teses.

Portanto recomendo, vamos meditar e viver melhor.

Namaste!

 

Preconceito é ruim?

Fiz esta pergunta para meu filho e ele respondeu que sim, com uma cara de espanto, já que conhece minha posição sobre várias questões ditas preconceituosas.

Então fomos juntos desenvolvendo um raciocínio interessante que quero compartilhar com vocês agora.

Nossas idéias, atitudes, motivações são em sua maioria preconceituosas, quando não impulsivas, visto partem de conceitos que já formamos ou adquirimos em nossa educação ou convivência social.

Não conseguiríamos viver sem eles. Precisamos para agilizar as coisas, ganhar tempo, ser produtivo e eficiente.

Mas, é claro, devemos estar continuamente abertos para atualizar estes conteúdos, lhe dar frescor, maturidade.

Negativos e prejudiciais são os preconceitos que oprimem, agridem e rebaixam os outros.
Nas práticas de autoconhecimento, físicas, e vivenciais enfrentamos os chamados preconceitos autolimitantes, como por exemplo:
  • nunca vou conseguir meditar;
  • já tentei muitas vezes relaxar e sou muito agitado para isso;
  • yoga, sim, eu sei como é, sentamos e Ommm…;
  • yoga não é para mim, minha flexibilidade é muito ruim;
  • gostaria de praticar, mas não tenho tempo;

Então, preconceitos são necessários, mas perigosos quando nos acomodamos ou no fechamos. Importantes estarmos abertos para a mudança e a evolução, nossa e do universo ao nosso redor.

Namaste!