Estou meditando, e agora?

 

 

Já consigo sentar e entrar em atitude meditativa, por um tempo. Já consigo ter regularidade. Já defini um horário ideal que posso me dedicar a isso por uns 10 minutos pelo menos. E agora?

Agora é que começa a diversão!!!

Até agora, fazendo analogia com um avião, fizemos os procedimentos de decolagem, vai pra pista, se posiciona, acelera e sai do chão… Então começa a viagem.

Com a meditação é a mesma coisa. Quando entramos em um estado de contemplação, com a mente observadora e não mais julgadora, podemos começar a nos conhecer e fazer grandes descobertas.

Vamos explorar algumas escolas tradicionais de meditação?

 

Visão Indiana sobre meditação

 

Segundo o conhecimento do asthanga yoga, sabedoria antiga da India, que utilizam a meditação como filosofia de vida a milênios, temos 8 passos para atingir o ápice.

 

           1-Yamas – (mandamentos morais). Usar a meditação para observar as atitudes e ações moralmente erradas que realizamos sem perceber e buscar evita-las.

            2-Niyamas – (autopurificação pela disciplina). Buscar na disciplina a força para se manter no bom caminho, no acerto, na saúde e na paz.


3-Asana 
– (postura corporal do yoga). Executando-os se ganha saúde, liberta-se das deficiências físicas e das distrações mentais.

         4-Pranayama – (controle rítmico da respiração). Adquirimos mais energia e serenidade. Respirar é viver.

            5-Pratiahara – (libertação do domínio dos sentidos). Somente temos controle real sobre nossa vida quando controlamos nosso corpo e nossas sensações.

           6-Dharana – (concentração). A mente precisa ser imobilizada para atingir esse estado de absorção completa. A repetição de mantras ou a contagem das respirações ajudam nisso.

          7-Dhyana – (meditação).

          8-Samadhi – (estado de supraconsciência). Quando o meditador torna-se uno com o objeto de sua meditação. Seu corpo e sentidos ficam adormecidos, mas suas faculdades mentais e racionais estão alertas, estamos então totalmente consciente.

 

 

Legal né? Comentem suas percepções e resultados, para compartilharmos nosso aprendizado.