Posturas fáceis do Yoga para melhorar nosso dia a dia – II !!

Os ásanas, ou posturas, proporcionam uma massagem nos órgãos, ajudando a melhorar seu funcionamento. Dessa forma, o Yoga e seus asanas também beneficiam o desempenho coordenado dos diversos sistemas do corpo – digestivo, endócrino, cardiovascular, nervoso, etc.

O Yoga cura diversas doenças crônicas, como pressão sanguínea alta/baixa, dor corporal crônica, diabetes, depressão, distúrbios do sono, etc., de forma simples e natural, e também melhora o sistema imunológico.

Um dia bem começado com a prática das ásanas do yoga nos mantém enérgizados, entusiasmados e renovados até o anoitecer.

A palavra Yoga significa união em sânscrito entre corpo, mente e espirito. Equalizando harmonia e equilíbrio.

Abaixo série  para tonificars pernas fortalecimento e relaxamento de membros inferiores e quadril.

Benefícios:

  • Melhoria nos movimentos diários, excelente para quem fica muito tempo sentado, dirigindo e entre idas e vindas
  • Alivio de dores de costas, coluna, pernas, joelhos, ciáticas
  • Equilibrio e segurança física e emocional.

Obs.:

  • Montar postura (ásana) e permanecer de 30s pelo menos.
  • Fazer para os dois lados.

 

GUERREIRO

  • Com os joelhos levemente flexionados afastar ao máximo os pés um do outro, girando um deles em 90º flexionando o joelho. Alinhar os braços na altura dos ombros com os dedos juntos e as palmas para baixo. Giro de 90º do pescoço e manter o olhar na direção da mão do lado perna flexionado.

formiga

  • Idem a parte pernas agora flexionando o cotovelo e levando ele em direção ao joelho flexionado, apoiando o braço da cocha, manter o outro braço estendido e girar o pescoço na direção deste.

formiga em torção

  • Mantem a posição de perna e faz uma rotação de tronco buscando passar o ombro pela perna contraria

corredor

  • Manter a perna flexionada. Descer com o peito na direção do joelho flexionado e, se possível, apoiar as duas palmas das mãos no chãoReiniciar para o outro lado

Alongamento e flexibilidade, o que é? Porque devo saber?

O autoconhecimento é o caminho da evolução e do aprimoramento pessoal, porque somente melhoramos algo que conhecemos e entendemos. Por que priorizar o entendimento a respeito de flexibilidade e alongamento? Por que conseguimos resultados rápidos e com percepção imediata.

Flexibilidade

É a capacidade dos tecidos corporais esticarem sem danos ou lesões e com ampla movimentação numa articulação ou grupos de articulações como a capacidade de mover-se com facilidade em sua amplitude de movimento.

A diminuição da flexibilidade resulta em um decréscimo da amplitude de movimento da articulação.

Ela não se apresenta de modo uniforme nas diversas articulações e nos movimentos corporais, sendo comum, em um dado indivíduo, que sua amplitude máxima seja boa para determinados movimentos e limitada para outros.

Alongamento

 É um tipo de exercício físico orientado para a manutenção ou melhora da flexibilidade. Praticá-lo é muito comum em atividades físicas esportivas como ginástica e corrida, atividades não esportivas como o yoga e o balé, e em reabilitação como a fisioterapia.

São voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. O principal efeito é o aumento da flexibilidade articular.

Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da articulação comandada por ele e, portanto, maior a flexibilidade, o que o torna uma prática fundamental para o bom funcionamento do corpo, proporcionando maior agilidade, elasticidade, prevenindo lesões.

Essencial para o aquecimento e relaxamento dos músculos, deve ser uma atividade incorporada ao exercício físico, mas também pode ser praticado sozinho.

Qualquer pessoa pode aprender a fazer alongamentos, independentemente da idade e da flexibilidade. Mesmo quem apresenta algum problema específico pode.

Quando feitos de maneira adequada, os alongamentos trazem os seguintes benefícios: reduzem as tensões musculares; relaxam o corpo; proporcionam maior consciência corporal; deixam os movimentos mais soltos e leves; previnem lesões; preparam o corpo para atividades físicas, e ativam a circulação.

A respiração é considerada fundamental, pois quando se respira profundamente, aumenta-se o relaxamento muscular, o que potencializa o resultado. Ela, também,  dá o ritmo ao exercício e por isso deve ser lenta e profunda.

Abaixo alguns exemplos:

 alonfamentos

 

 

 

 

 

 

 

Lembramos da articulação somente quando ela reclama.

 Articulações e seus desbloqueios!!

 

Articulação:

São conexões naturais existentes entre dois ou mais ossos. É um conjunto de estruturas cuja finalidade é unir e proteger dois extremos ósseos adjacentes.

Articulação

Uma articulação saudável é a chave do movimento fluido, gracioso e leve. Outro aspecto é que ela é responsável, junto com os músculos e tendões pela nossa flexibilidade.

Desbloqueio articular

 O que vou ensinar aqui não substitui o trabalho de um fisioterapeuta quando existirem bloqueios graves ou indicação médicas. Ensinarei apenas a liberação articular de possíveis bloqueios leves, muito útil antes da pratica de exercícios, pois prepara as articulações para o trabalho e previnem desconfortos e lesões. São exercícios, normalmente circundução, flexão e extensão e são realizados individualmente nas principais articulações, com repetições determinadas pela necessidade e interesse.

Abaixo um exemplo de desbloqueio de coluna, onde as fotos mostram os dois pontos extremos de um movimento contínuo e suave, extremamente benéfico e muito agradável. Importante sincronizar com a respiração

desbloqueio de coluna

  

Série de desbloqueio com equilíbrio

1-Levar o centro do corpo para um dos pés, tirar o outro do chão e:

-alongar dedos contra o chão.

-rotação de tornozelo, joelho e quadril, para ambos os lados, pelo menos três repetições.

(mudar o pé de apoio e trabalhar o outro lado)

Obs.: movimentos lentos e respiração suave.

desbloqueio com equilibrio1       desbloqueio de ombros2

 

2-Com os dois pés no chão, joelhos levemente flexionados:

-encaixar quadril.

-rotação de ombros, cotovelos e pulsos.

-abrir e fechar as mãos.

 

3-movimento lateral de pescoço e para cima e para baixo.

-rotação de pescoço circular (reunindo as quatro direções)

Obs.: Movimentos suaves, contínuos e com a respiração apenas pelo nariz.

 

circundução de pescoço 4circundução de pescoço 3

circundução de pescoço 2circundução de pescoço 1